América do Sul Destinos Machu Picchu Mundo Peru Restaurantes Restaurantes Viagem

PERU – ONDE COMER EM MACHU PICHU

Aguas Calientes, a cidade onde fica o santuário de Machu Picchu é minúscula, mas o que não falta por lá são restaurantes. O problema é que a maioria é caro, não tem uma cara muito legal e são extremamente turísticos ou seja, da um medo de pagar caro por uma roubada. Pra isso não acontecer consultei o bom e velho Trip Advisor e no fim acabamos encontrando algumas opções muito boas, por coincidência, dentro de hotéis. Abaixo vocês conferem as dicas!

CAFE INKATERRA 

O restaurante do hotel Inkaterra é quase icônico, fica num lugar extremamente privilegiado entre os trilhos de trem, bem na entrada da cidade. O visual é maravilhoso. Sempre lotado, recebe muitos hóspedes do hotel com regime de pensão completa e muitos turistas que fecham pacotes em agencias de turismo, então sim, é um restaurante bem turístico, mas pelo menos a comida é boa. Eles trabalham com um menu fechado com entrada, prato principal e sobremesa que sai por vola de 75 soles (uns 80 reais) por pessoa.
O cardápio conta com pratos clássicos peruanos como o Lomo Saltado (minha escolha), Causas e Chifas, tudo muitíssimo bem preparado. O menu ainda incluiu couvert, água e café e sim, não é barato, mas pode ser uma opção para uma refeição mais especial.

Ensalada de Paltas (abacate).

Salada de legumes andinos.

Lomo Saltado.

Torta de limão, zero peruano, rs.
RESTAURANTE HOTEL EL MAPI

O El Mapi é oum hotel mais acessível da rede Inkaterra, mas mantem a mesma qualidade do serviço do original. O hotel é mais urbano e moderno e tem um apegada totalmente diferente. No térreo fica localizado o restaurante que também é aberto ao público, ele funciona no café, almoço e jantar e também tem alguns pratos to go para quem vai fazer passeios. Visitamos durante o almoço quando o serviço é no sistema de buffet, a oferta de pratos é super variada com muitas saladas e pratos frios, pratos quentes internacionais e típicos peruanos, uma estação de massas e sobremesas e chás. Infelizmente vou ficar devendo o preço exato, pelo que recordo não era baratinho, mas era justo pela qualidade da comida, acredito que gastamos por volta de R$70 por pessoa.

QUNUQ – HOTEL SUMAQ
Queríamos algo especial para a nossa última noite de viagem e descobrimos o Qunuq do Hotel Sumaq no Trip Advisor. O restaurante é considerado um dos melhores da cidade e tem um cardápio de comida fusion andina assinado pelo reconhecido chef peruano Rafael Piqueras. O ambiente é bem sofisticado e não é nem um pouco barato (uns R$100 por pessoa no mínimo), mas vale a pena pela experiência e sem dúvidas pela comida que foi uma das melhores que provamos na viagem toda.

Amouse bouche.

Carpaccio de Alpaca.

Ceviche de Trucha.

Granita de Pico Sour e de Chicha Morada.

E em dois dias na cidade foi o que conseguimos provar e aprovar!! Tem mais dicas?? Deixa aqui nos comentários!!

1 Comment
Previous Post
11 de outubro de 2016
Next Post
11 de outubro de 2016

1 Comment

Leave a Reply

X